Arquivo de etiquetas: sementes

Os melhores alimentos para ter unhas mais saudáveis ​​e fortes

Tem unhas fracas, amareladas ou quebradiças? Descubra alguns truques e alimentos que ajudarão a ter umas mãos radiantes.

Como sabe, a função das unhas não é meramente estética. Ter as nossas unhas saudáveis e cuidadas nos irá assegurar uma maior proteção, impedindo que os patógenos entrem em nosso corpo, neste caso, graças também à cutícula.

Principais problemas das unhas

Para ter unhas saudáveis ​​é essencial ter uma boa alimentação, caso contrário podemos observar alterações como:

  • Unhas quebradiças: devido aos esmaltes ou produtos de limpeza agressivos que usamos e que podem conter substâncias tóxicas.·
  • Unhas deformadas: neste caso, falamos, acima de tudo, das unhas dos pés, que tendem a quebrar ou desfigurar por causa do calçado ou a prática de desportos como trekking ou escalada, por exemplo.
  • Unhas descoloridas: Se as unhas tiverem uma cor estranha, pode ter ocorrido um pequeno derrame devido a uma lesão. No entanto, se a unha fica azul por um longo tempo, é importante ir ao dermatologista.
  • Com listras: Se suas unhas podem identificar linhas marcadas, muito provavelmente há uma deficiência nutricional, como a falta de nutrientes. Também pode estar relacionado com um problema de tiroide ou a algum tipo de infeção.
  • Fungo nas unhas: Quando a cor das unhas se torna amarelada ou marrom e até aumenta a sua espessura e se torna frágil, estaríamos diante de um problema fúngico. Isso pode ser causado por falta de ferro, pela humidade, pelo uso de meias e sapatos sem ventilação ou andar descalço em lugares húmidos, como ginásios ou piscinas. Eles também são propensos a contratar aquelas pessoas que têm diabetes ou problemas de circulação.

 

Quais os melhores alimentos para o cuidado das unhas? 

As unhas, como a pele, necessitam de cuidados especiais e de atenção, pois, como já analisamos, qualquer mudança de forma ou cor pode revelar um problema.Para isso, é importante ingerir vitaminas do grupo B, ferro, selênio, zinco, ácidos gordos essenciais e proteínas através dos alimentos, como por exemplo:

  • Gérmen de Trigo: muito rico em proteínas, ácidos gordos essenciais, vitaminas do grupo B, zinco…
  • Nozes: ricas em minerais e ómega 3 e 6.
  • Sementes de Linhaça: muito ricas em vitaminas B1 e ómega 3. Assim, não se esqueça de adicionar duas colheres de sopa de linhaça à sua dieta diária.
  • Levedura de Cerveja: muito rica em proteínas, zinco e vitaminas do grupo B (exceto b12, a menos que seja enriquecido).
  • Mexilhões e Café: muito ricos em zinco e iodo, que são dois minerais muito importantes na produção de queratina, que é a proteína das unhas.
  • Salmão: Duas porções de salmão por semana ajuda as unhas a estarem fortes, já que é rico em omega 3, proteínas e vitamina D.·
  • Amêndoas: são muito ricas em proteínas e ómega 3, por isso estimulam a produção de queratina.
  • Abacate: muito rico em proteínas e vitaminas. Pode ser tomado em saladas, em forma de guacamole, em batidos vegetais, …
  • Spirulina: rica em biotina, magnésio e vitaminas do grupo B, o que faz com que seja um superalimento ideal para ter unhas saudáveis.
  • Sementes de Chia: estão cheias de cálcio, zinco, vitaminas B e proteínas. Podem ser usadas no pequeno-almoço, em molhos, sopas, saladas, no iogurte, …

Como uma ajuda e para tê-lo sempre à mão, poderíamos fazer um esquema para colocar no frigorífico e para não se esquecer de introduzir certos alimentos se queremos ter umas unhas bonitas e cuidadas:

  • Alimentos ricos em Biotina: Ovos, Peixe Azul, Ervilhas, Nozes, …
  • Alimentos ricos em Proteínas: Soja, Peixe, Nozes, Lentilhas, …
  • Alimentos ricos em Ferro: Frutos do mar, Anchovas, Sardinhas, Verduras, Nozes, …
  • Alimentos ricos em Vitamina D: Salmão, Atum, Ovos, Cogumelos, …

Outros truques para a saúde das unhas:

  1. Hidratação: Mergulhe as unhas em uma infusão de cavalinha ou azeite de oliva, uma ou duas vezes por semana durante dez ou quinze minutos para mostrar as mãos radiantes e saudáveis.
  2. Use arquivos de papelão, em vez de um arquivo de metal para evitar lascas. Para tornar o arquivamento menos agressivo, mergulhe as mãos em água morna e sabão por alguns minutos e use o arquivo sempre na mesma direção (não ida e volta) e com toques suaves.
  3. Que tipo de removedor de verniz utiliza? É importante que seja sem acetona para não enfraquecer a queratina das unhas. Levará mais tempo para eliminar o produto, mas o benefício será muito maior.
  4. Branqueia com a ajuda de um limão. Como sabe, a aplicação de verniz colorido pode amarelar a unha. Para evitar isso, use sempre um verniz de base protetora antes do verniz de cor. Além disso, se as suas unhas estiverem amareladas e se quiser branqueá-las, pode fazê-lo, de vez em quando, submergindo-as em sumo de limão.
  5. Proteja as unhas da humidade, sempre usando luvas para os trabalhos domésticos. Caso contrário, elas vão amolecer e quebrar facilmente.
  6. Óleos naturais: com vitaminas A, vitaminas B, gengibre, árvore do chá, jasmim, limão e pomelo que ajudam a fortalecer as unhas.
  7. A Biotina é uma vitamina fundamental para o fortalecimento e cuidado das unhas e do cabelo. Adquirir a quantidade que necessitamos através dos alimentos nem sempre é fácil para o nosso estilo de vida, pelo que podemos complementar na nossa dieta os suplementos naturais que nos fornecem de uma maneira mais eficaz esta vitamina.

Dê ao seu pequeno-almoço saudável um extra de fibra e proteínas

Adicione sementes de cânhamo, de chia e proteína de ervilha as suas torradas, batidos ou numa tigela para começar o dia com mais nutrientes.

Sem duvida, o ano novo é uma boa época para refletir sobre a importância do pequeno-almoço. Alterar ou melhorar os nossos hábitos alimentares, é sempre mais fácil quando o tempo corre a nosso favor, especialmente no que diz respeito à primeira refeição do dia: a mais importante para o nosso organismo.

Como podemos adicionar ao nosso pequeno-almoço uma maior quantidade de nutrientes de forma fácil? Que tipo de alimentos nos beneficiam mais? Se gosta de desfrutar de um almoço excecional, siga esta série de recomendações e comece o seu dia com energia.

1. Se for em torradas

Os pequenos-almoços tradicionais são sempre eficazes, mas isso não significa que para esse bom café e torrada integral, não possa adicionar um sabor extra e nutrientes que enriquecem as suas manhãs.

Por exemplo, tente sair da rotina e adicione aos vegetais. Você provavelmente não esta muito familiarizado com esta possibilidade, mas, nutricionalmente, não há razão para que não possamos fazê-lo.

Os legumes são um alimento completo e muito versátil que nos oferece proteína de boa qualidade (como grão de bico ou soja) e grande quantidade de fibra. Todo ele nos ajuda a estar satisfeitos durante mais tempo. Alguma ideia como incorporá-los? Oferecemos algumas:

  • Se ainda não experimentou húmus, é o momento perfeito para fazê-lo. Uma boa torrada inteira com húmus e tomate seco dar-lhe-á a energia que você precisa enfrentar a manhã;
  • Também pode comer um iogurte de soja com frutos secos e sementes de cânhamo;
  • Torradas integrais com tofu ou trigo germinado, cebola, tomate e alface.

Tome nota: Pelo seu elevado conteúdo em proteína de boa qualidade (37g/100g), as sementes de cânhamo são uma opção excelente em alimentação vegetariana. Contém todos os aminoácidos essenciais e podemos usá-la em diversos pratos.

2. Numa tigela

A opção da tigela é rápida e fácil de preparar. Optando por ingredientes saudáveis como fruta, frutos secos e cereais sem açúcares, as nossas manhãs começarão de forma imbatível e conseguiremos reunir uma grande quantidade de proteínas, vitaminas e minerais. Podemos, também, enriquecê-los ainda mais com sementes.

Tome nota: Pela sua quantidade em fibra e ómega 3, as sementes de chia e as sementes de linhaça são alimentos muito interessantes. Com 17,56g e 22,82g de omega 3 respetivamente por 100g de alimento, ambas as sementes são uma boa fonte vegetal de ómega 3. Dentro de uma alimentação vegetariana ajuda a cobrir a dose diária recomendada destes ácidos gordos.

3. Melhor batidos, ou fruta inteira, que sumos

Que os sumos de fruta são ricos é algo indiscutível. No entanto, cada vez são mais os estudos que apontam que o consumo frequente de sumos e bebidas açucaradas está associada com um aumento de peso a longo prazo e com maior risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Isto deve-se ao facto dos efeitos metabólicos da fruta inteira não são iguais ou comparáveis aos exercidos pelos sumos. Os sumos de fruta estão, por regra geral, desprovidos de fibra.

O sumo, caseiro ou não, resume-se a uma mistura de açúcares simples com vitaminas. No entanto, quando “bebemos” a fruta, evitamos o processo de mastigação, levando no final mais quantidade sem estarmos cientes disso.

Portanto, propomos uma alternativa mais saudável ao sumo de laranja tradicional: um batido de fruta preparado em casa.

Podem-se preparar excelentes batidos misturando a fruta que gostámos e enriquece-lo com raízes como o gengibre, dando-lhe sabor e aroma com especiarias como a canela e tornando-as mais energéticas e ricas em fibra com frutos secos e flocos de aveia, centeio, espelta, maca …

Receitas: Batido de frutas e gengibre:

  • 4 laranja
  • 2 cenouras
  • 1 maçã
  • 1 pedaço pequeno de gengibre fresco (menos do que a ponta de um dedo)

Tente substituir o leite com alguma bebida vegetal para experimentar novos sabores. Um batido com bebida de soja e amêndoa e frutas que você gosta podem ser uma opção.

Tome nota: Para conseguir um excelente batido proteico, uma boa opção é incorporar proteína de ervilha. Esta proteína é de alto valor biológico e para dietas vegans e vegetarianas pode ser muito boa opção, ajudando a conseguir pratos que cobram os requerimentos de proteína.

Pelo contrário, se você é daqueles que salta o almoço, é hora de dar uma volta radical às suas rotinas, porque começar o dia sem nada no estômago está relacionado a uma menor capacidade de concentração e desempenho intelectual, bem como uma elevada sensação de cansaço.

Por outro lado, subestimar esta primeira refeição do dia promove outro tipo de consequências, como favorecer a constipação ou aumentar o risco de obesidade. Sim, sim… de obesidade. O simples facto de desistir do pequeno-almoço é o principal inimigo de qualquer dieta. Pense nisso e comece a pensar o que é realmente bom para o seu corpo!

Bibliografía

  1. http://comerlegumbres.com/2016/10/13/legumbres-en-el-desayuno-una-tendencia-con-sentido/
  2. https://www.midietacojea.com/2015/01/12/esta-de-moda-meterse-con-el-desayuno-que-desayuna-el-mundo/
  3. http://nutritiondata.self.com/facts/nut-and-seed-products/3163/2
  4. http://nutritiondata.self.com/facts/custom/629104/2
  5. http://www.dimequecomes.com/2010/06/proteinas-vegetales.html
  6. http://www2.warwick.ac.uk/newsandevents/pressreleases/eating_little_and/