Arquivo de etiquetas: retenção de líquidos

A Urtiga Verde e o seu efeito anti- histamínico natural

A Urtiga Verde tem muitas propriedades benéficas para a nossa saúde, talvez a mais surpreendente seja a sua ação anti-histamínica.

A Urtiga Verde como é vulgarmente conhecida, assim como Urtiga Maior, embora a primeira seja a mais comum. No entanto, o seu nome científico é Urtica Dioica.

É uma planta perene, com uma altura de 1,5 metros, dioica (que tem flores unissexuais em caules separados), sem pétalas mas com muitos estames no cálice. Da raiz saem vários caules que estão cobertos de “pelos” assim como as folhas, estas contêm um liquido irritante que produz ardor quando entra em contacto com a pele. As flores estão em cachos e separadas de acordo com o sexo.

Existem muitas subespécies de Urtica Dioica, mas a mais comum é a nativa da Europa e da Ásia, distribuída pelas zonas temperadas. Estas geralmente vivem em locais não cultivados com terrenos geralmente húmidos, embora a principal característica do terreno seja a sua riqueza em nitrogênio.

Princípios ativos da Urtiga Verde

A sua composição química consiste principalmente em clorofila, clorofila ácida, serotonina, provitamina A e C… também contém uma substancia, a secretina, que é um dos melhores estimulantes estomacais.

Em relação às suas propriedades medicinais, apesar de ser considerada uma erva selvagem, tem muitos benefícios. A urtiga verde tem efeitos diuréticos, ativando a circulação, analgésicos, estimulantes do sistema digestivo, antirreumático, anti-inflamatório, antialérgico, anti-histamínico….

Pode ser aplicada externamente, é um dos maiores estimulantes conhecidos, cozinhada como qualquer vegetal, tomada como infusão ou como suplemento.

É possível que o uso menos conhecido da urtiga verde seja a sua capacidade para combater alergias e rinites. Por via oral, pode reduzir a quantidade de histamina produzida pelo organismo, devido a um alérgeno. Por isso, é um bom remédio natural para a alergia primaveril, algumas semanas antes de começar os primeiros sintomas.

Contraindicações

Embora os preparados de Urtica Dioica não sejam tóxicos, estes não são recomendados durante a gravidez e lactação. Em crianças, devido ao seu alto teor de nitrato. Na retenção de líquidos devido a uma redução na função cardíaca e renal.

Comece o novo ano combatendo a retenção de líquidos

Objetivo para 2018 …. Combater a retenção de líquidos?

Embora afete em maior percentagem as mulheres em determinadas épocas relacionadas com desequilíbrios hormonais – como os dias antes da menstruação, gravidez ou menopausa-, ninguém está a salvo de sofrer retenção de líquidos.

Além disso, esta patologia geralmente aparece devido a causas muito comuns, tais como:

  • O calor, que dilata os vasos sanguíneos e os deixa mais porosos, o que favorece a saída da água dos vasos e evita que os tecidos a absorvam.
  • A imobilidade prolongada, sentada ou em pé.
  • Uma alimentação rica em sal e/ou pobre em proteínas.
  • Um desequilíbrio hormonal, durante a gravidez, os dias antes da menstruação ou menopausa.
  • Certos medicamentos, particularmente corticosteroides, anti-hipertensivos, tratamentos neurolépticos e tratamentos hormonais.
  • Certas doenças: insuficiência venosa, renal ou cardíaca alteram o sistema de regulação do fluído e causam edema mais ou menos grave.

Por sua vez, os principais sintomas de retenção de líquidos são manifestados:

  • Por um inchaço dos tecidos, afetando os pés, os tornozelos e as pernas.
  • Também pode ocorrer inchaço na barriga ou no rosto, especialmente durante o período pré-menstrual.
  • Por último, o rápido aumento de peso pode ser uma manifestação desta patologia.

Truques para evitar a retenção de líquidos

1. Evite usar roupas apertadas: as roupas que apertam demais obstruem a circulação e dificultam a expulsão correta de fluidos, seguindo os canais habituais do organismo. E, com isso, também entram as meias ou o tamanho dos sapatos. Evite usar calçado muito justo ou o seu corpo sofrerá.

2. Pratique algum exercício: É obvio que, devido ao trabalho, muitas pessoas permanecem sentadas quase o dia todo, algo que custa muito para corrigir quando volta para casa porque a fadiga impede que faça algum exercício físico.

3. Beba dois litros de água por dia: Se o consumo de água for insuficiente, ele deve ser aumentado bebendo todo o tipo de líquidos (água, chá, sopa), consumir alimentos ricos em água (alcachofra, repolho, aspargos, melancia, pepino, cenoura, alface) e potássio (leguminosas, cereais, gérmen de trigo e levedura)

4. O descanso é fundamental: Dormir o número de horas recomendadas é importante para uma vida saudável, mas especialmente para evitar a retenção de líquidos, sobretudo se esta ocorrer mais frequentemente nos membros inferiores.

5. O cuidado na alimentação: A primeira coisa a fazer é reduzir o consumo de sódio. Uma das principais fontes é o sal que usamos para cozinhar, por isso é necessário reduzir o seu consumo o máximo possível.

Se a retenção de líquidos se deve a uma fragilidade dos capilares, o consumo de frutos vermelhos, cítricos e chá verde, rico em vitaminas E e P, permite reforçar a parede.

Por outro lado, não limite demasiado o consumo de proteínas, o que deve ser suficiente para assegurar uma boa reabsorção da água. As nozes, amêndoas e cereais complexos são excelentes fontes proteicas e, além disso, satisfazem o apetite.

Não se esqueça dos alimentos com propriedades diuréticas, como o abacaxi, a papaia, a toranja ou mesmo endívia, espargos, aipo e alcachofra.

A nível natural, a Cavalinha, Solidago, Dente de Leão ou Zimbro também podem ser uns dos grandes aliados para o correto funcionamento do corpo. Pode tomá-los em infusões ou através de diferentes suplementos alimentares que aproveitam os extratos de cada uma dessas plantas, ajudando a depurar o nosso organismo e a eliminar as substâncias tóxicas que se acumulam.