Arquivo de etiquetas: homens

O cuidado da pele também é coisa de homens

O cuidado da pele também é coisa de homens… Que coisas deve ter em conta para a proteger e evitar o envelhecimento prematuro?

O cuidado da pele e do corpo não entende de sexos, graças, em parte, pela mudança de mentalidade que se produziu nos anos 90 de mão da expressão popular “metrosexual”, que abriu as portas aos segredos de beleza do homem.

A rotina de cuidados básicos da pele para um homem é e deve ser muito parecida à das mulheres. Por este motivo, a cosmética ecológica também é a mais recomendável para eles, porque está livre de substâncias tóxicas e parabenos que possam danificar a sua dermis.

Por isso, vamos desvelar como tirar partido à beleza masculina através do cuidado da pele e cabelo, porque não há nada como ter a pele saudável para que esteja bem apresentada.

Para evitar as rugas precoces, é necessário manter uns hábitos diários com os produtos adequados e tendo em conta os diferentes tipos de pele.

Nesta ocasião, vamos centralizar-nos em como cuidar o aspecto e a pele da face.

  1. Lave diariamente a face com um limpador suave que não contenha sabão (porque contêm um PH muito elevado e pode chegar a nos secar a pele, além de fazer que se desequilibre o manto hidrolipídico natural que possui). Podemos encontra-los em formato mousse, muito confortáveis, bifásicos…
  2. Hidrate com um creme específico de acordo com o seu tipo de pele (face e pescoço):
    • Gordurosa: Hidratantes sem óleo, com princípios ativos como a árvore de chá vai evitar os brilhos e manter controlado o acne.
    • Seca: Hidratantes ricas em óleos vegetais para fornecer à pele ácidos gordos e vitaminas (oliva, argan, rosa mosqueta…)
    • Madura: Escolher cremes com ativos reafirmantes, como o óleo essencial de gerânio ou o ácido hialurônico.
    • Sensível: Para aquelas peles sensíveis, nada melhor que o oleato de calêndula ou o óleo essencial de cânhamo, que contém uma percentagem elevada de Vitamina E.
  3. Não esqueça nunca a proteção solar antes de sair de casa, com SPF 30 ou mais, para evitar as manchas e rugas precoces.
  4. Utilize produtos específicos para fazer a barba, mas também para depois, como o aloé vera, a manteca de Carité, óleos vegetais com princípios ativos calmantes… Agora pode encontra-los todos num mesmo produto, o que facilita o seu uso.
  5. Para aqueles que têm barba é importante hidratar cada dia, não só o pelo, mas também a pele que fica debaixo e que se torna mais sensível de cada vez. Para isso, utilize produtos que contenham manteiga de Carité.
  6. Uma vez por semana, coloque uma máscara revitalizante e notará a diferença.

Que tem que ter em conta para escolher o gel adequado à nossa pele?

No momento de escolher um gel, evite um PH elevado, os parabenos e perfumes. Opte por geles naturais e ofereça à sua pele o benefício dos nutritienes dos óleos vegetais, assim como aproveitar a holística dos óleos essenciais (que vão ajuda-lo a dormir, a ativar-se, a animar-se… faça a sua escolha). E lembre-se de hidratar a sua pele após do duche com uma loção corporal destinada ao seu tipo de pele.

Por último, também é muito importante o cuidado das mãos e pés e sua hidratação tanto no inverno como no verão, para retardar o processo de envelhecimento da pele.

A saúde da pele é o melhor espelho de beleza! Não a deixe de lado!

O que é o Tribulus?

O Tribulus aumenta a testosterona e, portanto, a fertilidade, líbido e contração muscular, melhorando a função erétil.

O Tribulus terrestrís é um nome científico, no entanto, o seu nome mais comum é abrolhos. Trata-se de uma espécie herbácea rastreira perenne, geralmente postrada. As suas flores de cor amarela e o seu fruto é caraterizado pelos seus espinhos. É nativo de regiões tropicais temperadas quentes, como o sul da Europa, Ásia, África ou na Austrália, mas o facto mais interessante é que esta planta é usada na medicina tradicional chinesa e indiana há mais de 3000 anos.

Esta tem sido utilizada durante séculos para tratar a impotência e fraqueza sexual. Hoje em dia existem estudos que atribuem propriedades, tais como protetor do fígado, inibe a formação de pedras nos rins e é usado em caso de depressão leve, porque equilibra o sistema nervoso e é um poderoso recuperador de sono. Ele também atua como um afrodisíaco, aumentando a força, resistência e tônus muscular. Aumenta a fertilidade e o mais comum é o aumento dos níveis de testosterona.

Portanto, o Tribulus é uma das plantas medicinais mais conhecidas a nível mundial. Na atualidade pode-se encontrar em suplementos alimentares pelos seus múltiplos benefícios.

O Tribulus é um afrodisíaco ?

Embora este possa agir como afrodisíaco para homens e mulheres, é mais comum encontrá-lo em suplementos para homens, porque aumenta os níveis de testosterona e, portanto, as suas funções mais importantes são:

  • Contração muscular, melhorando a função erétil.
  • Aumento da fertilidade.
  • Aumenta o líbido.

Tudo isso deve-se aos seus principais ingredientes ativos, saponinas esteroideas e a protodioscina. São nutrientes não essenciais de origem vegetal. Isto é, eles não são necessários para a vida. No entanto, apresentam uma série de caraterísticas que são muito utilizadas pela industria farmacêutica. Isto porque a sua estrutura molecular está relacionada com as hormonas esteróidas do corpo, melhorando assim a atividade hormonal dos estrogénios e da testosterona.

Nos últimos anos, o Tribulus ganhou uma fama considerável entre os que praticam culturismo, uma vez que melhora o desempenho e surge como uma alternativa aos esteróides anabolizantes.
Alguns comparam as suas propriedades tônicas com os efeitos do Ginseng, mas ambos têm mecanismos totalmente diferentes.

Contra indicações do Tribulus

Os ensaios de toxicologia em animais de laboratório indicam uma toxicidade muito baixa. Não está recomendada para pessoas com colestase, ou qualquer circunstância que obstrua o fluxo da bílis do fígado. Também não é recomendado para mulheres grávidas ou a amamentar, ou em crianças com menos de 18 anos.

No entanto, as doses usadas em suplementos alimentares não são letais ou prejudiciais.