Arquivo de etiquetas: flavonoides

O que são cetonas de framboesa?

Os seus ingredientes ativos são termogénicos, por isso ajudam a elevar a temperatura corporal, alterando o metabolismo e favorecendo a eliminação de gorduras.

As cetonas de framboesa, conhecidas em inglês como raspberry ketone, é um suplemento alimentar que facilita a eliminação de gorduras, acelerando o metabolismo.

Este produto veio revolucionar a uns anos atrás o setor dietético, precisamente pelos bons resultados que proporcionou aos consumidores, graças aos seus ingredientes ativos. Foi o famoso Dr. Mehmet Oz (Dr. Oz) que começou a divulgar os seus benefícios no seu programa de televisão.

 Mas, como é composto? Quais as suas propriedades? Como funcionam?

Vamos aproveitar este post para rever algumas das peculiaridades que envolvem este produto – que podem ser obtidas em ervanárias, farmácias, parafarmácias, centros dietéticos … –
As cetonas são fabricadas com um extrato de framboesa em sua forma pura que, muitas vezes, complementadas com outros ingredientes como Manga Africana, L-Carnitina, Chá Verde ou Guaraná, Açaí, entre outros, para tornar o seu resultado mais eficaz e ajudar a eliminar toxinas prejudiciais ao corpo.
Estes ingredientes ativos promovem uma eliminação de gordura muito importante no corpo, porque eles são termogénicos ativos. Com eles, a temperatura sobe e altera o metabolismo basal. Ao necessitar de mais energia, o corpo obtém-no das reservas de gordura, fazendo com que percam quilos de forma mais visível.

 Eliminam a ansiedade?

Outra das características que as cetonas de framboesa aparentemente têm é que, ao metabolizar as gorduras, o corpo bloqueia a vontade de comer ou a chamada ansiedade.

Benefícios das cetonas de framboesa

Para entender melhor as propriedades do extrato de framboesa, vamos destacar algumas das características deste fruto:

  • Em sua seção nutricional, as framboesas são muito ricas em fibras e vitamina C, fornecendo também uma quantidade muito baixa de calorias. Por sua vez, tem uma forte presença de minerais como potássio, magnésio ou cálcio.
  • Sendo uma fruta com alto teor de fibra, as framboesas costumam ser maravilhosas para problemas de constipação e todos os tipos de distúrbios relacionados ao trânsito intestinal em geral.
  • Talvez outro dos incentivos máximos para consumir framboesas é o seu excelente poder antioxidante, tanto pelo seu alto teor de vitamina C como pelos seus flavonoides. Isto tem um efeito positivo em vários aspetos do organismo, desde a capacidade antienvelhecimento até ao sistema circulatório.

Arando Vermelho. Sabes o que são proantocianidinas?

O Arando Vermelho Americano, fruto de uma planta Vacciniun macrocarpon, carateriza-se pela alta concentração de proantocianidinas.

Podemos encontrá-las em grandes quantidades no Arando Vermelho, fruto da planta Vacciniun macrocarpon. As proantocinidinas são mais conhecidas pelas suas propriedades antibacterianas e pelos seus benefícios sobre a saúde das vias urinárias.

A verdade é que se trata de um fruto tem chamado a atenção do mundo científico pelos seus comprovados benefícios para a saúde, mais especificamente na prevenção e tratamento da cistite (1).

A cistite é uma das infeções mais frequentes, afetando principalmente a população feminina. Estima-se que mais de um terço das mulheres sofreram algum episódio de cistite ao longo da sua vida e muitos deles sucedem-se porque as mulheres são propensas em outros casos, mais esporádicos, ocorrem durante o tempo da praia e piscina.

Os cientistas explicam que o Arando Vermelho pela sua riqueza em proantocinidinas atua como um preventivo das infeções da bactéria de Escherichia coli ao aderir-se à membrana da bexiga urinária facilitando a eliminação das bactérias do corpo (2).

Os frutos vermelhos, também conhecidos como frutos do bosque, são uma importante fonte de benefícios para o nosso organismo. Para além de abundante água e nutrientes reguladores, contêm fibra, vitaminas, minerais e oligoelementos. Este tipo de componentes é compartilhado com toda a fruta, mas as groselhas, bagas de arando, etc, são muito generosos também em flavonóides, compostos bioativos, o que lhes fornece a sua cor vermelha ou roxo profundo, e que têm um papel importante como antioxidantes.

Bibliografía

  1. Evaluation of the impact of the urinary symptoms on quality of life of patients with painful bladder syndrome/chronic pelvic pain and radiation cystitis: EURCIS study. Actas Urol Esp. 2014 May;38(4):224-31. doi: 0.1016/j.acuro.2013.09.016. Epub 2013 Dec 19. Rapariz-González M1, Castro-Díaz D2, Mejía-Rendón D3; EURCIS.
  2. Efficient and cost-effective alternative treatment for recurrent urinary tract infections and interstitial cystitis in women: a two-case report. Mansour A, Hariri E, Shelh S, Irani R, Mroueh M. Case Rep Med.2014;2014:698758. doi: 10.1155/2014/698758. Epub 2014 Dec 21.
  3. Cranberry and recurrent cystitis: more than marketing? Crit Rev Food Sci Nutr. 2014;54(8):1063-75. doi: 10.1080/10408398.2011.625574. Micali S1, Isgro G, Bianchi G, Miceli N, Calapai G, Navarra M.

5 Plantas para prevenir a queda de cabelo

O milhete, videira, a semente de abobora, o ginkgo e a cavalinha ajudam-nos a prevenir a queda de cabelo durante todo o ano. A queda do cabelo é um fenómeno natural, uma vez que é uma etapa do ciclo do cabelo. Tem que cair para começar a crescer de novo, como já explicamos no nosso anterior artigo. Llega el otoño, ¡SOS cabello!

Se a queda do cabelo for excessiva, pode dever-se a outras causas, como o stresse, as alterações hormonais ou por uma má alimentação. No caso desta ultima, uma ingestão nutricional incorreta, quer por uma dieta hipercalórica não controlada por um profissional, ou uma dieta hipocalórica com deficiências de vitaminas e minerais, como cálcio, magnésio, zinco… pode ser a causa mais comum da debilidade e queda de cabelo. Para além de que no caso das mulheres, é agravada a perda de ferro durante a menstruação.

Tal como acontece com a maioria das coisas, é mais fácil a prevenção e cuidar do nosso cabelo durante todo o ano.

Como prevenir a queda de cabelo todo a ano

Para além de uma correta alimentação, há uma imensa variedade de produtos que nos ajudam a travar a queda de cabelo, desde champô, sérum, suplementos alimentares, etc. Hoje centramo-nos em cinco plantas e tudo o que nos fornecem graças a sua composição.

Milhete

  • É um cereal que se consome habitualmente no Oriente e é considerado alimento terapêutico pela medicina tradicional chinesa.
  • Não contêm glúten, portanto pode ser consumido por intolerantes ao glúten
  • É uma boa fonte natural de magnésio, potássio, ferro, zinco, riboflavina e ácidos gordos

Videira

  • Planta semilenhosa. Atualmente é mais comum encontra-la em locais de clima temperado
  • Facilita a circulação do sangue pela sua composição em flavonoides, portanto, ajuda a que o nosso cabelo recebe todos nutrientes necessários
  • Contêm muitas vitaminas do complexo B e minerais necessários para um cabelo saudável

Cavalinha

  • Arbusto rasteiro de caule rizomatoso. Com uma composição muito rica em minerais (silício, potássio, magnésio…) flavonoides e taninos
  • A sua principal função é diurética, mas também, se usa como remineralizante pelo seu alto conteúdo em silício, ajudando a travar a queda de cabelo e a aparição de caspa.

Semente de Abobora

  • Utilizada desde a antiguidade pelas suas propriedades. A sua composição baseia-se principalmente em gorduras sobretudo w3 e w6, conhecidas como “boas gorduras” e proteínas.
  • Também inclui vitaminas do grupo B e é uma das melhores fontes de selénio, magnésio e zinco.

Ginkgo Biloba

  • Árvore única no mundo, procedente da China. Considera-se a espécie superior viva mais antiga do planeta
  • As suas folhas contêm flavonoides que facilitam a microcirculação sanguínea. O sangue transporte o oxigénio e com ele os nutrientes.

Estas plantas podem tornar-se numa fonte de infusão, de extrato seco e como já mencionamos como suplemento alimentar. Se decidir utilizar alguma comprove a sua composição e a dose de cada um dos seus ingredientes. O melhor será aquele que incluir as 5 plantas que enumeramos, já que estas realizam, uma ação sinergética: graças a todas as vitaminas e minerais que nos possibilitam o aumento da irrigação do folículo piloso (fortalecendo assim a atividade celular da raiz), não só ajuda a prevenir a queda de cabelo, mas também promove o seu crescimento e aumento do brilho natural.

Semente de toranja, descoberta saudável

As sementes de toranja possuem inúmeros efeitos sobre a saúde que estão a ser estudados por diversos centros de investigação científica

As sementes de toranja são objetos de estudos científicos importantes

A Natureza oferece-nos muitas vezes inesperados e preciosos tesouros para a nossa saúde e bem estar. Tal é o caso das sementes de toranja que por acaso foi descoberto há algumas décadas o seu grande potencial terapêutico como um antimicrobiano natural, não apenas contra vírus e bactérias, mas também há evidências de que neutraliza leveduras, outros fungos e parasitas.

De facto, se o fruto de toranja é conhecido pela sua riqueza em Vitamina C e B e as suas propriedades em dietas, as suas sementes contêm um segredo muito importante, sendo atualmente o epicentro de importantes investigações científicas em centros de renome internacional como o Instituto Pasteur, em França, e do Instituto de Microbiologia em Herborn, Alemanha.

Flavonóides e Vitamina C

As sementes de toranja são ricas em Vitamina C, B1, Tocoferol e vitamina E e flanavóides como linalol ou naringina.

Os flavonóides são antioxidantes que potenciam os efeitos da vitamina C e são benéficos em caso de fragilidade capilar, sangramento nas gengivas, varizes, hemorróidas, etc. Além disso, os flavonóides podem ligar-se aos metais tóxicos e facilitar a sua expulsão do organismo.

A Vitamina C intervêm em muitos processos metabólicos como a formação de colagénio da pele, ossos, articulações, sistema vascular e é também um potente antioxidante. O organismo, possui um efeito bacteriostático e antibiótico. Também é um agente antiobacteriano com propriedades antimicrobianos, que inibem o desenvolvimento de bactérias e fungos. Entre os bioflavonóides contém hesperidina, em estimulante natural do sistema imunitário.

A descoberta de um remédio natural

Em 1980, no estádio da Flórida, o Dr. Jacob Harich, jardineiro nos seus tempos livres, descobriu que as sementes de toranja que se encontravam ao abandono no seu jardim, não apodreciam. Movido pela curiosidade, o médico, que também é um físico de renome, decidiu analisar o fenómeno estranho. O resultado é notável: a semente de toranja contém uma substância que parece mais eficaz e inofensiva do que qualquer antibiótico conhecido até a data.

Porém não é tudo. Muitos institutos de investigação a nível mundial, entre eles, o Instituto Pasteur em Paris, começaram a estudar o fenómeno e descobriram as suas amplas propriedades. Desta forma, comprova-se que o extrato de sementes de toranja é eficaz não só na eliminação de vírus e bactérias, mas também sobre fungos e parasitas. Ele provou a sua eficácia em 800 estirpes diferentes de vírus e bactérias, assim como em centenas de fungos e numerosos parasitas, preservando a flora intestinal, algo que não ocorre com os antibióticos convencionais. Entre outras muitas propriedades também reforça o nosso sistema imunológico.

Outros benefícios da semente de toranja

O extrato de semente de toranja não destrói as bactérias benéficas, tais como as bifidobactérias deixando intacta a flora intestinal. Verificou-se que para além de 100% natural, não têm nenhum ti2929po de toxicidade.

Graças as suas propriedades antimicrobianas, antibacterianas e fungicidas, o seu uso mais frequente varia desde problemas gastrointestinais, gripes e resfriados, infeções articulares até a sua utilização como desinfetante para a higiene pessoal ou doméstico.

Em suma, as sementes de toranja são muito versáteis e a ciência continua a investigar até onde vão as suas potencialidades nos diferentes problemas de saúde. Estamos muito atentos para lhe dar mais novidades.

Bibliografia

  1. Ko KY1, Geornaras I, Paik HD, Kim KT, Sofos JN. Effects of Plant-Derived Extracts, Other Antimicrobials, and Their Combinations against Escherichia coli O157:H7 in Beef Systems. J Food Prot. 2015 Jun;78(6):1090-7. doi: 10.4315/0362-028X.JFP-14-377.
  2. Lee Reagor, Jean Gusman, Lana McCoy, Edith Carino, John P. Heggers. The Effectiveness of Processed Grapefruit-Seed Extract as An Antibacterial Agent: I. An In Vitro Agar Assay. The Journal of Alternative and Complementary Medicine. June 1, 2002, 8(3): 325-332.
  3. Ganzera M., Aberham A., Stuppner H. Development and validation of an HPLC/UV/MS method for simultaneous determination of 18 preservatives in grapefruit seed extract. Institute of Pharmacy, University of Innsbruck, Innrain 52, 6020 Innsbruck, Austria. J Agric Food Chem. 2006 May 31;54 (11):3768-72.

O segredo de um pequeno almoço saudável

Um pequeno almoço saudável é essencial para começar o dia com bom animo. Dedicar-lhe tempo e incluir alimentos variados é o segredo para começar uma dieta saudável.

Não há nada como começar o dia com um pequeno-almoço saudável!

Sim… Sim, esses pequenos-almoços saudáveis, nutritivos e que nos enchem de energia desde a primeira hora do dia. É importante que a nossa primeira refeição seja o mais equilibrada possível, para que o nosso organismo possa absorver todos os nutrientes que necessita.

A falta de tempo; e até de imaginação, costumam ser as escusas mais comuns para não dar a importância que este momento tão especial do dia merece.

No geral, recomenda-se consumir um lácteo ou bebida vegetal rica em cálcio, um cereal e uma fruta, porque estes três grupos de alimentos formam uma boa combinação de nutrientes…, mas este pequeno-almoço ideal vai muito mais além. Para isso, tome note destes conselhos e dos ingredientes secretos de um pequeno almoço saudável. 😉

Carbohidratos

Os cereais, o pão ou as bolachas sempre integrais para aportar ao organismo a quantidade de carbohidratos e fibra que necessita.

Os cereais contêm hidratos de carbono de absorção lenta, o que favorece a libertação de energia controlada ao longo de todo o dia.

Frutas

O mais recomendável é tomar a peça de fruta por inteiro ou em forma de batido. Pelo contrario, os sumos aumentam a ingestão de açúcares simples, já que costumamos usar duas ou três peças de fruta por corpo de sumo, e ainda perdemos o aporte de fibra, muito importante pelo seu poder saciante e porque favorece o trânsito intestinal. Devemos, todavia, variar de frutas para obter um aporte completo de vitaminas e minerais.

Lácteos ou alimentos muito ricos em Cálcio

O leite é um alimento com quantidades muito elevadas de cálcio, imprescindível para a formação e manutenção de ossos e músculos fortes e saudáveis. Mas se é intolerantes à lactose ou vegan, existem muitas alternativas para tomar o cálcio que precisa através de outros alimentos ricos neste mineral, como os leites vegetais de aveia, amêndoa, arroz e também os vegetais de folha verde, o milhete e os frutos secos, entre outros.

Proteínas e gorduras

As proteínas são imprescindíveis quando o nosso corpo está ativo pelas manhãs. Podem ser tomadas de origem animal, seja peixe, carne ou lácteos, ovos e derivados. Embora está muito claro que nos últimos tempos, os vegetarianos estão de parabéns, pois cada vez existem mais alimentação ao seu alcance com um alto índice de proteínas vegetais, como são os superalimentos, algas, cogumelos ou ervas de cevada e trigo, e até a proteína de ervilha em pó. Estes substituem à proteína animal e são muito bem assimilados pelo organismo.

Dizem que as gorduras boas são o motor do nosso cérebro. Por esse motivo, os Omega 3, 6 e 9, são imprescindíveis num bom pequeno-almoço, especialmente se se realiza alguma atividade intelectual. É recomendável, por isso, incluir no pequeno almoço os frutos secos, sementes e pão com azeite, noz, sésamo, etc…

O cacau, rei do pequeno almoço

Se gosta do cacau, não esqueça de incorporar este bem chamado alimento dos deuses no seu pequeno-almoço saudável. Pela quantidade de vitaminas e minerais que possui, merece uma atenção especial. Lidera a listagem de alimentos com propriedades antioxidantes, polifenóis e flavonoides, escudos protetores frente à ação dos radicais livres e o envelhecimento prematuro. Ainda, o consumo de cacau está associado a uma menor incidência de infartos. Os flavonoides polifenoicos que se encontram neste fruto têm o potencial de prevenir as doenças cardíacas. Também, alivia o estresse, pela ação da teobromina, que estimula o sistema nervoso central e é recomendada em épocas de grande atividade intelectual no trabalho ou estudos. E claro, se ainda de tudo isto é ecológico, melhor, pois no seu cultivo e posterior processamento não existem restos de pesticidas nem conservantes químicos.

Faça do seu pequeno-almoço um momento delicioso

Mas isto é importante que seja feito de forma tranquila; até convêm levantar-se um quarto de hora antes para fazer do pequeno-almoço um momento de relaxamento e começar o dia com energia e felicidade. É disso que necessitamos! Ainda, lembre-se de mastigar lentamente os alimentos e que estar sentado é muito saudável para realizar uma fantástica digestão.

“Tome o pequeno-almoço sentado, mastigue e saboreie os alimentos”

Os suplementos alimentares no pequeno-almoço

Claro que os suplementos alimentares não substituem uma refeição saudável e equilibrada; mas pelos seus nutrientes naturais podem ajudar-nos a suplementar algumas carências. Podemos encontrar no mercado suplementos naturais. Especialmente desenhados para complementar o pequeno-almoço, à base de cacau ecológico com nutrientes tão interessantes para o nosso organismo como o colagénio marinho, o magnésio, o cálcio e outras vitaminas e minerais. O encorajamos a descobrir estes suplementos, para fazer do pequeno-almoço o melhor momento do dia!!!

Em definitiva, o único segredo de um pequeno-almoço saudável é dedicar-lhe algum tempo, assim como variar e combinar alimentos que contenham os nutrientes que necessitamos para nos sentir mais saudáveis e de melhor animo J. Adere a um pequeno-almoço saudável?