Arquivo de etiquetas: cálcio

O que são cetonas de framboesa?

Os seus ingredientes ativos são termogénicos, por isso ajudam a elevar a temperatura corporal, alterando o metabolismo e favorecendo a eliminação de gorduras.

As cetonas de framboesa, conhecidas em inglês como raspberry ketone, é um suplemento alimentar que facilita a eliminação de gorduras, acelerando o metabolismo.

Este produto veio revolucionar a uns anos atrás o setor dietético, precisamente pelos bons resultados que proporcionou aos consumidores, graças aos seus ingredientes ativos. Foi o famoso Dr. Mehmet Oz (Dr. Oz) que começou a divulgar os seus benefícios no seu programa de televisão.

 Mas, como é composto? Quais as suas propriedades? Como funcionam?

Vamos aproveitar este post para rever algumas das peculiaridades que envolvem este produto – que podem ser obtidas em ervanárias, farmácias, parafarmácias, centros dietéticos … –
As cetonas são fabricadas com um extrato de framboesa em sua forma pura que, muitas vezes, complementadas com outros ingredientes como Manga Africana, L-Carnitina, Chá Verde ou Guaraná, Açaí, entre outros, para tornar o seu resultado mais eficaz e ajudar a eliminar toxinas prejudiciais ao corpo.
Estes ingredientes ativos promovem uma eliminação de gordura muito importante no corpo, porque eles são termogénicos ativos. Com eles, a temperatura sobe e altera o metabolismo basal. Ao necessitar de mais energia, o corpo obtém-no das reservas de gordura, fazendo com que percam quilos de forma mais visível.

 Eliminam a ansiedade?

Outra das características que as cetonas de framboesa aparentemente têm é que, ao metabolizar as gorduras, o corpo bloqueia a vontade de comer ou a chamada ansiedade.

Benefícios das cetonas de framboesa

Para entender melhor as propriedades do extrato de framboesa, vamos destacar algumas das características deste fruto:

  • Em sua seção nutricional, as framboesas são muito ricas em fibras e vitamina C, fornecendo também uma quantidade muito baixa de calorias. Por sua vez, tem uma forte presença de minerais como potássio, magnésio ou cálcio.
  • Sendo uma fruta com alto teor de fibra, as framboesas costumam ser maravilhosas para problemas de constipação e todos os tipos de distúrbios relacionados ao trânsito intestinal em geral.
  • Talvez outro dos incentivos máximos para consumir framboesas é o seu excelente poder antioxidante, tanto pelo seu alto teor de vitamina C como pelos seus flavonoides. Isto tem um efeito positivo em vários aspetos do organismo, desde a capacidade antienvelhecimento até ao sistema circulatório.

Vitaminas e minerais fundamentais para as mulheres

A falta de certas vitaminas e minerais, como o ferro, podem causar sensação de cansaço e debilidade. Vamos falar dos imprescindíveis para ti

Os requisitos de vitaminas e minerais são diferentes entre homens e mulheres. Para além de que as necessidades vão-se modificando progressivamente ao longo da vida. Para alguns micronutrientes as necessidades aumentam durante certos períodos da vida das mulheres.

Conheces quaissão os mais importantes nas diferentes etapas da vida de uma mulher?

Hoje falamos de situações tão únicas na mulher como a gravidez, a menstruação, a menopausa e as vitaminas e minerais importantes para elas.

Fertilidade e Gestação

Acido Fólico ou Vitamina B9

Esta vitamina intervém na formação e desenvolvimento de cada célula humana. Por isso a procura por ácido fólico durante a gestação é mais elevada, momento em que se produz uma rápida proliferação celular.

Obter suficiente ácido fólico antes e durante a gravidez pode prevenir defeitos cognitivos importantes no cérebro e na coluna vertebral do bebé.

Por outro lado, fornecimento adequado desta vitamina é particularmente importante em idade fértil da mulher e a sua deficiência pode causar problemas de infertilidade.

Presta especial atenção a esta vitamina se estás a pensar em engravidar ou estás gravida!

Entre os alimentos que contêm ácido fólico encontram-se: vegetais de soja verde, frutas, nozes e cereais.

Menstruação

Ferro

As mulheres necessitam de quase o dobro da quantidade de ferro na sua dieta do que os homens da mesma idade. Isto ocorre porque às necessidades globais deve-se adicionar a perda de ferro através da menstruação.

O nosso corpo necessita de ferro para produzir as proteínas hemoglobina e mioglobina que transportam e armazenam o oxigénio.

Se a nossa dieta é baixa em ferro ou temos períodos menstruais abundantes ou frequentes podemos sofrer de anemia poe deficiência de ferro cujos sintomas incluem fadiga, fraqueza, dor de cabeça, etc.

A carne e os produtos cárnicos, especialmente fígado e rins e as carnes vermelhas são uma finte importante de ferro de menor absorção. Porém também o encontramos em legumes.
Note-se que para melhor a absorção de ferro deve-se evitar inibidores deste mineral (leite, chá, café) junto dos alimentos que contêm ferro. Mas pode ajudar a absorção com alimentos como a carne ou laranjas.

Vitamina B6

Quem não conhece a síndrome pré-menstrual? Muitas mulheres sofrem ansiedade, irritabilidade, depressão, etc. nos dias prévios ao período.

Ter uma dose elevada de vitamina B6 pode reduzir os níveis de estrogénios sanguíneos e aumentar a progesterona, o qual reduzirá os sintomas associados à síndrome pré-menstrual.

A vitamina B6 encontra-se em abacates, carne de porco, nozes, aves, ou no milho.

Menopausa e Osteoporose

Durante a menopausa existe um problema que afeta uma grande percentagem das mulheres: a osteoporose. Caracteriza-se por uma diminuição da massa óssea e o aumento da fragilidade dos ossos. A ingestão de certas vitaminas e minerais na dieta desempenham um papel importante no aparecimentio e progressão desta doença.

Cálcio e Vitamina D

Um bom conteúdo de cálcio durante a infância e juventude é fundamental para conseguir um pico adequado de massa óssea, de tal forma que que uma ingestão adequada deste mineral pode evitar ou atrasar o risco de osteoporose em etapas mais avançadas da vida. Pode consumir leite, espinafres ou sésamo para um contudo maior de cálcio na sua dieta.

Para além da Vitamina D (a partir da dieta e/ou mediante uma adequada exposição ao sol) contribui a melhorar a absorção e utilização de cálcio. Passear e expor as mãos, braços, rosto à luz solar 10-15 minutos ajudará a produzir esta vitamina.

Vitamina C

Avitamina C, é considerado um co-fator essencial na formação de colagénio. Esta forma fibras muito resistentes e flexíveis em ossos, evitando lesões.

As frutas e verduras são as melhores fontes de vitamina C. Por exemplo laranjas, toranjas, brócolos, morangos ou tomates.
Disfrute de cada etapa da vida e aproveite os benefícios dos nutrientes que contêm os alimentos.

Bibliografía

  1. B6, V. (2017). Vitamina B6: MedlinePlus enciclopedia médica. [online] Medlineplus.gov. Available at: https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/002402.htm .
  2. ferropénica, A. (2017). Anemia ferropénica: MedlinePlus enciclopedia médica. [online] Medlineplus.gov. Available at: https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/000584.htm.
  3. Medlineplus.gov. (2017). Ácido fólico: MedlinePlus en español. [online] Available at: https://medlineplus.gov/spanish/folicacid.html [Accessed 3 Feb. 2017].
  4. Ods.od.nih.gov. (2017). Office of Dietary Supplements – Vitamina C. [online] Available at: https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminC-DatosEnEspanol/.
  5. Requejo Marcos, A. and Ortega Anta, R. (2009). Nutriguía. 3st ed. Madrid: Editorial Complutense.

O segredo de um pequeno almoço saudável

Um pequeno almoço saudável é essencial para começar o dia com bom animo. Dedicar-lhe tempo e incluir alimentos variados é o segredo para começar uma dieta saudável.

Não há nada como começar o dia com um pequeno-almoço saudável!

Sim… Sim, esses pequenos-almoços saudáveis, nutritivos e que nos enchem de energia desde a primeira hora do dia. É importante que a nossa primeira refeição seja o mais equilibrada possível, para que o nosso organismo possa absorver todos os nutrientes que necessita.

A falta de tempo; e até de imaginação, costumam ser as escusas mais comuns para não dar a importância que este momento tão especial do dia merece.

No geral, recomenda-se consumir um lácteo ou bebida vegetal rica em cálcio, um cereal e uma fruta, porque estes três grupos de alimentos formam uma boa combinação de nutrientes…, mas este pequeno-almoço ideal vai muito mais além. Para isso, tome note destes conselhos e dos ingredientes secretos de um pequeno almoço saudável. 😉

Carbohidratos

Os cereais, o pão ou as bolachas sempre integrais para aportar ao organismo a quantidade de carbohidratos e fibra que necessita.

Os cereais contêm hidratos de carbono de absorção lenta, o que favorece a libertação de energia controlada ao longo de todo o dia.

Frutas

O mais recomendável é tomar a peça de fruta por inteiro ou em forma de batido. Pelo contrario, os sumos aumentam a ingestão de açúcares simples, já que costumamos usar duas ou três peças de fruta por corpo de sumo, e ainda perdemos o aporte de fibra, muito importante pelo seu poder saciante e porque favorece o trânsito intestinal. Devemos, todavia, variar de frutas para obter um aporte completo de vitaminas e minerais.

Lácteos ou alimentos muito ricos em Cálcio

O leite é um alimento com quantidades muito elevadas de cálcio, imprescindível para a formação e manutenção de ossos e músculos fortes e saudáveis. Mas se é intolerantes à lactose ou vegan, existem muitas alternativas para tomar o cálcio que precisa através de outros alimentos ricos neste mineral, como os leites vegetais de aveia, amêndoa, arroz e também os vegetais de folha verde, o milhete e os frutos secos, entre outros.

Proteínas e gorduras

As proteínas são imprescindíveis quando o nosso corpo está ativo pelas manhãs. Podem ser tomadas de origem animal, seja peixe, carne ou lácteos, ovos e derivados. Embora está muito claro que nos últimos tempos, os vegetarianos estão de parabéns, pois cada vez existem mais alimentação ao seu alcance com um alto índice de proteínas vegetais, como são os superalimentos, algas, cogumelos ou ervas de cevada e trigo, e até a proteína de ervilha em pó. Estes substituem à proteína animal e são muito bem assimilados pelo organismo.

Dizem que as gorduras boas são o motor do nosso cérebro. Por esse motivo, os Omega 3, 6 e 9, são imprescindíveis num bom pequeno-almoço, especialmente se se realiza alguma atividade intelectual. É recomendável, por isso, incluir no pequeno almoço os frutos secos, sementes e pão com azeite, noz, sésamo, etc…

O cacau, rei do pequeno almoço

Se gosta do cacau, não esqueça de incorporar este bem chamado alimento dos deuses no seu pequeno-almoço saudável. Pela quantidade de vitaminas e minerais que possui, merece uma atenção especial. Lidera a listagem de alimentos com propriedades antioxidantes, polifenóis e flavonoides, escudos protetores frente à ação dos radicais livres e o envelhecimento prematuro. Ainda, o consumo de cacau está associado a uma menor incidência de infartos. Os flavonoides polifenoicos que se encontram neste fruto têm o potencial de prevenir as doenças cardíacas. Também, alivia o estresse, pela ação da teobromina, que estimula o sistema nervoso central e é recomendada em épocas de grande atividade intelectual no trabalho ou estudos. E claro, se ainda de tudo isto é ecológico, melhor, pois no seu cultivo e posterior processamento não existem restos de pesticidas nem conservantes químicos.

Faça do seu pequeno-almoço um momento delicioso

Mas isto é importante que seja feito de forma tranquila; até convêm levantar-se um quarto de hora antes para fazer do pequeno-almoço um momento de relaxamento e começar o dia com energia e felicidade. É disso que necessitamos! Ainda, lembre-se de mastigar lentamente os alimentos e que estar sentado é muito saudável para realizar uma fantástica digestão.

“Tome o pequeno-almoço sentado, mastigue e saboreie os alimentos”

Os suplementos alimentares no pequeno-almoço

Claro que os suplementos alimentares não substituem uma refeição saudável e equilibrada; mas pelos seus nutrientes naturais podem ajudar-nos a suplementar algumas carências. Podemos encontrar no mercado suplementos naturais. Especialmente desenhados para complementar o pequeno-almoço, à base de cacau ecológico com nutrientes tão interessantes para o nosso organismo como o colagénio marinho, o magnésio, o cálcio e outras vitaminas e minerais. O encorajamos a descobrir estes suplementos, para fazer do pequeno-almoço o melhor momento do dia!!!

Em definitiva, o único segredo de um pequeno-almoço saudável é dedicar-lhe algum tempo, assim como variar e combinar alimentos que contenham os nutrientes que necessitamos para nos sentir mais saudáveis e de melhor animo J. Adere a um pequeno-almoço saudável?