Arquivo de etiquetas: biotina

Os melhores alimentos para ter unhas mais saudáveis ​​e fortes

Tem unhas fracas, amareladas ou quebradiças? Descubra alguns truques e alimentos que ajudarão a ter umas mãos radiantes.

Como sabe, a função das unhas não é meramente estética. Ter as nossas unhas saudáveis e cuidadas nos irá assegurar uma maior proteção, impedindo que os patógenos entrem em nosso corpo, neste caso, graças também à cutícula.

Principais problemas das unhas

Para ter unhas saudáveis ​​é essencial ter uma boa alimentação, caso contrário podemos observar alterações como:

  • Unhas quebradiças: devido aos esmaltes ou produtos de limpeza agressivos que usamos e que podem conter substâncias tóxicas.·
  • Unhas deformadas: neste caso, falamos, acima de tudo, das unhas dos pés, que tendem a quebrar ou desfigurar por causa do calçado ou a prática de desportos como trekking ou escalada, por exemplo.
  • Unhas descoloridas: Se as unhas tiverem uma cor estranha, pode ter ocorrido um pequeno derrame devido a uma lesão. No entanto, se a unha fica azul por um longo tempo, é importante ir ao dermatologista.
  • Com listras: Se suas unhas podem identificar linhas marcadas, muito provavelmente há uma deficiência nutricional, como a falta de nutrientes. Também pode estar relacionado com um problema de tiroide ou a algum tipo de infeção.
  • Fungo nas unhas: Quando a cor das unhas se torna amarelada ou marrom e até aumenta a sua espessura e se torna frágil, estaríamos diante de um problema fúngico. Isso pode ser causado por falta de ferro, pela humidade, pelo uso de meias e sapatos sem ventilação ou andar descalço em lugares húmidos, como ginásios ou piscinas. Eles também são propensos a contratar aquelas pessoas que têm diabetes ou problemas de circulação.

 

Quais os melhores alimentos para o cuidado das unhas? 

As unhas, como a pele, necessitam de cuidados especiais e de atenção, pois, como já analisamos, qualquer mudança de forma ou cor pode revelar um problema.Para isso, é importante ingerir vitaminas do grupo B, ferro, selênio, zinco, ácidos gordos essenciais e proteínas através dos alimentos, como por exemplo:

  • Gérmen de Trigo: muito rico em proteínas, ácidos gordos essenciais, vitaminas do grupo B, zinco…
  • Nozes: ricas em minerais e ómega 3 e 6.
  • Sementes de Linhaça: muito ricas em vitaminas B1 e ómega 3. Assim, não se esqueça de adicionar duas colheres de sopa de linhaça à sua dieta diária.
  • Levedura de Cerveja: muito rica em proteínas, zinco e vitaminas do grupo B (exceto b12, a menos que seja enriquecido).
  • Mexilhões e Café: muito ricos em zinco e iodo, que são dois minerais muito importantes na produção de queratina, que é a proteína das unhas.
  • Salmão: Duas porções de salmão por semana ajuda as unhas a estarem fortes, já que é rico em omega 3, proteínas e vitamina D.·
  • Amêndoas: são muito ricas em proteínas e ómega 3, por isso estimulam a produção de queratina.
  • Abacate: muito rico em proteínas e vitaminas. Pode ser tomado em saladas, em forma de guacamole, em batidos vegetais, …
  • Spirulina: rica em biotina, magnésio e vitaminas do grupo B, o que faz com que seja um superalimento ideal para ter unhas saudáveis.
  • Sementes de Chia: estão cheias de cálcio, zinco, vitaminas B e proteínas. Podem ser usadas no pequeno-almoço, em molhos, sopas, saladas, no iogurte, …

Como uma ajuda e para tê-lo sempre à mão, poderíamos fazer um esquema para colocar no frigorífico e para não se esquecer de introduzir certos alimentos se queremos ter umas unhas bonitas e cuidadas:

  • Alimentos ricos em Biotina: Ovos, Peixe Azul, Ervilhas, Nozes, …
  • Alimentos ricos em Proteínas: Soja, Peixe, Nozes, Lentilhas, …
  • Alimentos ricos em Ferro: Frutos do mar, Anchovas, Sardinhas, Verduras, Nozes, …
  • Alimentos ricos em Vitamina D: Salmão, Atum, Ovos, Cogumelos, …

Outros truques para a saúde das unhas:

  1. Hidratação: Mergulhe as unhas em uma infusão de cavalinha ou azeite de oliva, uma ou duas vezes por semana durante dez ou quinze minutos para mostrar as mãos radiantes e saudáveis.
  2. Use arquivos de papelão, em vez de um arquivo de metal para evitar lascas. Para tornar o arquivamento menos agressivo, mergulhe as mãos em água morna e sabão por alguns minutos e use o arquivo sempre na mesma direção (não ida e volta) e com toques suaves.
  3. Que tipo de removedor de verniz utiliza? É importante que seja sem acetona para não enfraquecer a queratina das unhas. Levará mais tempo para eliminar o produto, mas o benefício será muito maior.
  4. Branqueia com a ajuda de um limão. Como sabe, a aplicação de verniz colorido pode amarelar a unha. Para evitar isso, use sempre um verniz de base protetora antes do verniz de cor. Além disso, se as suas unhas estiverem amareladas e se quiser branqueá-las, pode fazê-lo, de vez em quando, submergindo-as em sumo de limão.
  5. Proteja as unhas da humidade, sempre usando luvas para os trabalhos domésticos. Caso contrário, elas vão amolecer e quebrar facilmente.
  6. Óleos naturais: com vitaminas A, vitaminas B, gengibre, árvore do chá, jasmim, limão e pomelo que ajudam a fortalecer as unhas.
  7. A Biotina é uma vitamina fundamental para o fortalecimento e cuidado das unhas e do cabelo. Adquirir a quantidade que necessitamos através dos alimentos nem sempre é fácil para o nosso estilo de vida, pelo que podemos complementar na nossa dieta os suplementos naturais que nos fornecem de uma maneira mais eficaz esta vitamina.

A Biotina, chave para a saúde de pele, unhas e cabelo

A Biotina é uma vitamina imprescindível para o metabolismo dos ácidos gordos. O seu défice produz queda do cabelo, unhas frágeis e dermatite.

O que é a Biotina?

A Biotina, também conhecida por Vitamina H, B8 ou Coenzima R, é uma vitamina que todos os seres vivos precisam no seu sistema, embora só as bactérias, leveduras, algas e algumas espécies de plantas podem sintetiza-la [1]. Pode encontrar-se nos alimentos, como na carne e no peixe, unida a outras proteínas.

O suco do pâncreas separa a Biotina, que é absorvida pelo intestino e distribuída pelos tecidos. Esta vitamina, ao igual que outras vitaminas do grupo B, é imprescindível para o metabolismo dos ácidos gordos.

Uma deficiência elevada de Biotina provoca a perda de cabelo, assim como alterações da gordura facial, provocando erupções, dermatite seborreica, depressão, entorpecimento e formigueiro nas extremidades, assim como alterações do sistema imunitário [2]. Em bebés, esta dermatite seborreica denomina-se tampão de berço, finas escamas na face, pescoço, tronco ou zona da fralda.

Que causa um deficit de Biotina?

De forma geral, uma ingestão insuficiente de Biotina através da alimentação. Os alimentos mais ricos nesta vitamina são a gema de ovo, o fígado e a levadura. A Dose Diária Recomendada (DDR) de Biotina, para que o organismo funcione de forma normal, e de 50 micro gramos ao dia.

Os expertos investigam a possibilidade de que as crianças sejam mais propensas para a dermatite porque a sua flora intestinal ainda não está formada, dificultando a síntese de Biotina.

A medicação que tomam os epilépticos para prevenir as suas crises convulsivas aumentam o risco de perda desta vitamina no organismo.

O organismo das grávidas também requer mais Biotina, pela rápida divisão celular do feto, para a réplica do DNA [3]. Da mesma forma que os expertos recomendam as mulheres gravidas consumir Ácido Fólico como suplemento antes e após a gravidez (pelo menos 400 mcg/dia) para prevenir os defeitos do tubo neutral, aconselham também consumir pelo menos 30 mcg/dia de Biotina suplementar.

As claras de ovo cruas contêm uma substancia que impede a absorção de Biotina, pelo que comer 2 ou mais claras ao dia, durante vários meses, produz uma deficiência desta vitamina o suficientemente grave como para produzir sintomas [4].

Biotina para a saude de cabelo, pele e unhas

A suplementação de Biotina mostra resultados muito promissores na manutenção ou melhoria da saúde de cabelo, pele e unhas. O leque habitual de dosagem em suplementos alimentares para manter o cabelo saudável e de 100-1.000 mcg ao dia.

Alguns suplementos elaboram-se com Biotina isolada, e outros contém também combinações de vitaminas ou outros ingredientes, como o Colagenio ou a Queratina (duas proteínas que se encontram de forma natural no cabelo), que permitem uma acção sinergia que contribui a manter um cabelo, pele e unhas saudável.

Assim, alem de fornecer a Biotina necessária ao organismo, prevenindo a queda do cabelo e mantendo-o saudável, estas formulas agem contra os signos do envelhecimento prematuro da pele, como a falta de firmeza, rugas, linhas de expressão e perda de hidratação.

Lembre-se que a dosagem apropriada para cada pessoa e cada uso depende de muitos factores, como idade, peso, actividade física e saúde. Em caso de duvida, consulte ao seu medico ou especialista de confiança.

Bibliografía

  1. Mock DM. Biotin. In: Ziegler EE, Filer LJ, eds. Present Knowledge in Nutrition. 7th Washington D.C,: ILSI Press; 1996: 220-236
  2. Baumgartner ER, Suormala T. Inherited defects of bitoin metabolis. Biofactors. 1999; 10 (2-3): 287-290
  3. Zempleni J, Mock DM. Marginal biotin deficiency is teratogenic. Proc Soc Exp Biol Med. 2000; 223 (1); 14-21
  4. Eakin, RE, Snell, EE, and Williams, R. J. Concentrationand assay of avidin, injury-producing agents in raw egg white. J Biol Chem. 1941; 535-43

Colagénio. O melhor tratamento anti envelhecimento

O Ácido Hialurónico, a Vitamina C, a Biotina e Romã, junto com os óleos de Onagra e Borragem potenciam o efeito anti idade do colagénio.

Cerca de 80% da pele é constituída por colagénio, que o nosso organismo não pode obter através da alimentação.

A ASSIMILAÇÃO DO COLAGÉNIO

O colagénio constitui cerca de 80% da composição da pele, fornecendo sustentação e firmeza necessária para que se mantenha em estado saudável, afetando diretamente o seu aspeto. A pela, a partir dos 30 anos, sofre muitas mudanças: rugas, pele seca, perda de firmeza e linhas de expressão. Todas estas mudanças são consequência da diminuição da síntese de colagénio por parte de nossa pele.

O organismo vai perdendo colagénio com a passar do tempo e não pode assimilar o que está presente na alimentação, pelo que a suplementação é uma alternativa muito interessante para garantir que nossa pele está o mais cuidado e saudável possível.

Existem uma diversidade de cremes faciais e suplementos alimentares realizados com colagénio, mas devemos ter em conta a formulação. Por um lado, devemos comprovar a fonte de colagénio, já que o marinho assimila-se melhor que o de porco ou vaca [1].

Por outro lado, o tamanho das moléculas do colagénio é determinante (se são muito grandes o nosso corpo não as pode assimilar, como acontece com o colagénio presente nos alimentos).

Neste sentido, o mais assimilável é o Colagénio Marinho Hidrolisado. A hidrolise é um processo único de separação de enzimas, dando lugar a moléculas (denominadas péptidos), de baixo peso molecular. Se deseja saber mais sobre este assunto, leia os 5 motivos que influenciam a eleição de um suplemento com colagénio.

Sinergias do colagénio. Maior efeito antirrugas!

Se o que queremos é uma nutrição mais avançada e específica para a pele, além de tomar em conta a fonte de colagénio e o tamanho da molécula, devemos verificar que outros ingrediente apresenta.

O ideal é que o suplemento ou creme facial de colagénio contenha vitaminas e outros nutrientes que funcionam em sinergia, potenciando o resultado: Ácido Hialurónico, Vitamina C, Biotina, Romã, Óleo de Onagra e Óleo de Borragem.

Esta composição age contra os sinais de envelhecimento prematuro, como são a falta de firmeza, rugas, linhas de expressão e perda de hidratação.

  • Ácido Hialurónico. Encontra-se em numerosos tecidos. Absorve água, geralmente nas rugas da pele, hidratando e preenchendo as rugas (também deve ser um ácido hialurónico de baixo peso molecular). Tanto o Colagénio Marinho Hidrolisado como o Ácido Hialurónico passam a fazer parte da sua pele, reduzindo as rugas e linhas de expressão, e melhorando a firmeza.
  • Vitaminas: A Vitamina C é necessária para que se ative a síntese do colagénio e a Biotina contribui para a nutrição e manutenção da pele.
  • Romã: Rica em Minerais, Vitaminas, Ácidos Gordos e Flavonoides. A sua alta quantidade de antioxidantes, neutralizam os radicais livres e atrasam o envelhecimento prematuro da pele.
  • Óleo de Onagra e Borragem: Apresentam na sua composição 95 % dos ácidos gordos essenciais polinsaturados (aqueles que o corpo não pode sintetizar e é necessário incorporar através da dieta): Ácido linoleico, linoleico, palmítico, esteárico e oleico. Fornecem substâncias necessárias para a hidratação e nutrição da pele.

O creme facial produz este efeito diretamente sobre a pele, enquanto um suplemento alimentar em pó ajuda-nos a cuidar desde o interior, contribuindo também a manter a saúde das unhas e outras partes do corpo com falta de colagénio.

Assim, por exemplo, a YouTuber espanhola África Montejo recomenda tomar Colagénio Marinho Hidrolisado em pó como “Incrível tratamento para rejuvenescer a pele – Elimina rugas”, enquanto a blogger britânica Amy Morris explica em greathealthnaturally.com.uk um tratamento anti envelhecimento combinando: creme noite e dia, junto com o suplemento em pó. Ideal para cuidar-se por dentro e por fora!

Bibliografia

  1. Ohara, H., Matsumoto, H., Ito, K., Iwai, K., and Sato, K. 2007. Comparison of quantity and structures of hydroxyproline-containing peptides in human blood after oral ingestion of gelatin hydrolysates from different sources. Agric. Food Chem. 55(4) 1532-1535.