"Sol-de-Ouro", também conhecido por Helichrysum

“Sol-de-Ouro”, um antialérgico natural

O ‘Sol-de-Ouro’ é um apoio natural para cuidar as alterações alérgicas como bronquites, asma, e alergias alimentares, cutâneas e respiratórias

“Após a névoa opaca do inverno, sempre vem o colorido vivo da primavera”, nos lembra o ditado popular. Por isso, agora é o momento perfeito para falar da prevenção dos sintomas de alergia ao pólen, e de que plantas nos podem ajudar neste processo,  pela sua ação antialérgica natural. Hoje analisaremos as propriedades do “Sol-de-ouro”, também conhecido por Helichrysum.

Helichrysum é uma palavra derivada do grego: Helios (Sol) e Crison (Ouro), quer dizer “Sol-de-Ouro”. Esta planta também é conhecida como Perpétua das areias ou Sempre-viva amarela.

Tem diferentes subespécies, mas hoje vamos centrar-nos na variedade Helichrysum arenarium, que é uma planta herbácea de 10-50 cm de altura com umas flores amarelas de forma tubular, originária do sul e centro da Europa que cresce principalmente em terrenos áridos e perto do mar.

A sua composição

O principal grupo fitoquímico são os compostos fenólicos (tais como flavonoides, cumarinas, taninos e acetofenonas), embora possamos encontrar em menor proporção um óleo essencial e triterpenos.

Entre as suas propriedades podemos destacar

E por que o “Sol-de-Ouro” pode ser de grande ajuda para prevenir e mitigar as alergias primaverais? Pelas propriedades e múltiplos benefícios desta planta. Isto é, tem ação:

  • Antialérgica: estimula a secreção natural de hidrocortisona (esteroide natural produzido pelo corpo sem efeitos colaterais), na qual modula a resposta imunitária ao reduzir a proliferação de mastócitos e outras células do sistema imunitário.
  • Anti-inflamatória: encarrega-se de inibir as três enzimas fundamentais da via do ácido araquidónico, envolvidas no processo inflamatório, de modo a reduzir a produção de prostaglandinas e leucotrienos, tendo estas particularmente importância no processo asmático.
  • Antiespasmódica e expetorante: facilita a eliminação da mucosidade das vias respiratórias.
  • Colerético e colagogo: ativa a produção da bílis e facilita a sua expulsão melhorando a função hepática e desta forma melhorando a digestão.

Esta sinergia de propiedades fazem que o “Sol-de-Ouro” seja de grande utilidade em alterações alérgicas como bronquites, asma, e alergias alimentares, cutâneas e respiratórias. Como todas as plantas com ação colagoga, não deve ser tomado por pessoas com oclusão das vias biliares. Para além disso, deveriam ter precauções aquelas pessoas com hipersensibilidade a planta e como não se realizaram estudos de segurança na gravidez e lactação, não é aconselhável nestes casos, sem supervisão médica.

No mercado podemos encontrar preparados de extrato de Helichrysum junto com outras plantas com ação anti-histamínica (como a quercetina e a urtiga verde) e mucolítico ( como N-acetilcisteína). O ideal neste tipo de complementos é começar a consumi-los um par de semanas antes que apareçam os sintomas para preparar o nosso organismo e aumentar as doses quando aparecem os sintomas.

Bibliografia

  1. Berdonces i Serra, J.L. Gran Enciclopedia de las Plantas Medicinales. El Dioscórides del tercer milenio. Ediciones Tikal. P 528-530
  2. Arteche, A., Vanaclocha, B., Gúenechea, J.I. y Martinez, R. Fitoterapia. Vademecum de Prescipcion. Plantas Medicinales. 3ª Edicion. Editorial Masson, S.A. Barcelona
  3. Sala-Vicens A. Principios antiinflamatorios y antioxidantes de Helichrysumitalicum (Roth) G. Don. Tesis doctoral, Facultat de Farmàcia, Universitat de València, 2001.
  4. European Medicines Agency (EMA) – Committee on Herbal Medicinal Products (HMPC). EuropeanUnion herbal monograph on Helichrysumarenarium (L.) Moench, flos. London: EMA. Doc. Ref.: EMEA/HMPC/41108/2015. Adopted: 5 April 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nieves García

Nieves García

Técnico superior em nutriçao

Especialista em plantas medicinais