Óleo de Onagra

O óleo de Onagra e os seus benefícios para a pele

Os seus princípios activos conferem à onagra a capacidade de fornecer firmeza e elasticidade à pele, nutrindo e hidratando.

Descubra as 10 principais propriedades para o rosto e corpo do óleo de onagra

De certeza que já ouviu falar em muitas ocasiões do óleo de onagra e de suas propriedades para reduzir os sintomas do síndroma pré-menstrual (inchaço, náuseas, dor no peito…) e da menopausa. (Por isso ela é denominada de “planta da mulher”).

Mas, nesta ocasião, queremos centralizar-nos nos seus benefícios para a pele e o cabelo, já que se trata de um grande aliado para o cuidado de diversos problemas cutâneos bastante comuns por causa do frio, a alimentação ou o passar do tempo, entre outras coisas.

Que é o óleo de onagra?

O óleo de onagra é extraído das sementes pertencentes à planta do mesmo nome (também conhecida por prímula) e, embora proceda de América do Norte, foi introduzida na Europa no século XVII.

Devemos destacar que se trata de um dos óleos vegetais mais apreciados em todo o mundo, porque são necessários 10.000 grãos de sementes para obter uma grama de óleo.

Durante muito tempo, o seu uso era o que lhe deram os nativos americanos: tratar doenças como o asma ou sarar feridas e problemas na pele, mas, hoje em dia, descobriram-se muitos princípios activos utilizados para melhorar o bem-estar do nosso organismo.

Precisamente, a onagra possui um alto conteúdo em ácidos gordos essenciais, pelo que por esse motivo sempre foi distinguido como um aliado para potenciar a beleza do rosto e do corpo.

Isto é devido a que favorece a criação dos próprios hormônios do tecido, activando o processo de regeneração da pele.

Neste sentido, quando a nossa dieta carece destes ácidos gordos essencias, podem ser geradas afecções no coração, a circulação, o sistema imunitário e o sistema nervoso, pelo que o seu consumo vai ajudar a reduzir este tipo de problemas.

Também, embora em menor proporção, a onagra possui ácido linoléico, presente em lácteos, sementes, frutos secos ou óleos vegetais e muito recomendável para aumentar as defesas e ajudar a controlar o colesterol e os triglicéridos.

Entre as suas muitas aplicações, o óleo de onagra transformou-se num ingrediente muito demandado em muitos produtos de cosmética natural ou, até, em suplementos alimentares destinados à beleza, saúde e bem-estar.

Pode ser ingerida isoladamente, geralmente em pérolas, mas os seus benefícios para a pele aumentam quando combinada com outros elementos como o óleo de borragem, a romã ou o ácido hialurónico, por exemplo.

Como actua na nossa pele e cabelo?

1. É muito hidratante.

Mantém um equilibrio da humidade na pele, proporcionando um aspecto radiante. Desta forma, evita uma secura que impeça o bom funcionamento das células.

2. Contra o envelhecimento

O seu alto conteúdo em anti-oxidantes ajuda na luta contra os radicais livres, formados por causa do stress, a contaminação ou a exposição solar, principalmente. Com o óleo de onagra conseguimos que a pele não se veja cansada, revitalizando as células da pele para dar-lhe um aspecto saudável.

Neste sentido, também combate os sinais do envelhecimento prematuro (flacidez, rugas…), promovendo a manutenção saudável de colagénio e fomentando a elasticidade da pele.

3. Como regenerador

Este óleo ajuda na regeneração de novas células, assim como à reparação das danificadas para que a dermis mantenha a regularidade.

4. Aliado contra o acne

O uso regular de óleo de onagra pode proteger a pele da formação de acne, evitando a seura e a infecção e crescimento bacteriano.

5. Inimigo do eczema

A aplicação deste óleo nas zonas afectadas ajuda a aliviar as molestias causadas pelo eczema na pele. Acalma a comichão e diminui a cor avermelhada que se produz. Se é consumido como suplemento na dieta diária, age contra a secura da pele.

6. Elimina as manchas

Outra das propriedades do óleo de onagra é melhorar as manchas. O óleo é rico em ácidos gordos essenciais que têm propriedades anti-inflamatórias e ajudam à pele para reduzir o vermelhão e a comichão, deste modo aliviando as manchas. Também contribui para obter uma textura uniforme com a tonalidade da pele, agindo contra as olheiras.

7. Melhora a circulação do sangue

Devido a que favorece ao sistema circulatório, o óleo de onagra é capaz de conseguir que o sangue chegue com mais fluidez até os folículos pilosos e que o cabelo cresça mais depressa e se veja mais bonito e cheio de vida.

8. Nutre e fortalece o cabelo

A massagem com óleo de onagra aumenta a circulação do sangue no couro cabeludo e reduz os danos externos. Se optamos por incluí-lo na dieta, também estaremos agregando suavidade ao cabelo e reduziremos a sua fragilidade.

9. Melhora a textura do cabelo

Como o óleo de onagra tem altas quantidades de GLA ou ácidos gordos essenciais, evita que o cabelo se torne excessivamente seco, especialmente perto dos extremos do eixo do cabelo. Ainda, proporciona brilho.

No entanto, é recomendável utiliza-lo só uma vez ao mês, para que o cabelo não fique demasiado gorduroso.

10. Evita a geração de caspa

Considerado um grande aliado contra a queda do cabelo, as propriedades anti-inflamatórias da onagra ajudam a fazer frente as afecções do couro cabeludo causadas pelos fungos ou a caspa.

Como se usa?

Dependendo da finalidade, o óleo de onagra será mais apropriado num formato ou outro. Por exemplo, se o que quer é nutrir o cabelo, o ideal é o formato em líquido, porque o que faremos será aplicar o óleo directamente no cabelo.

No entanto, se o que queremos é atenuar as moléstias da menstruação ou melhorar o aspecto da nossa pele, por exemplo, o formato mais apropriado será em pérolas, como suplemento alimentar à nossa dieta equilibrada, ou integrada em outro suplemento de nutri-cosmética, com outros ingredientes como podem ser o colagénio, a biotina ou o óleo de borragem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *