Como conseguir um bom bronzeado este verão através da dieta?

Como conseguir um bom bronzeado este verão através da dieta?

Existem certos componentes alimentares que influenciam a cor da nossa pele e o bom bronzeado, ajudando a protege-la dos radicais livres do sol. Descobra quais são.

As vitaminas e os aminoácidos (aa) desempenham um papel muito importante no nosso organismo, e o cuidado da pele e bronzeamento não iria ser menor. Hoje vamos explicar quais são os mecanismos pelos quais certos componentes dos alimentos influenciam na cor da pele quando nos aproximamos do período de maior exposição solar, o verão.

Tirosina: A tirosina é em aminoácido não essencial, quer dizer, não necessitamos de incorporá-lo no nosso organismo através de dieta, pois o nosso corpo sintetiza-o naturalmente a partir de outro aminoácido como a fenilalanina, que é muito abundante em todas as proteínas de origem animal. Da tirosina, o nosso corpo sintetiza substâncias muito importantes, entre elas a melanina.

A melanina é um pigmento escuro que é sintetizado na derme sob exposição solar. Absorve a radiação ultravioleta nociva e converte essa energia em calor, o que é inofensivo. Esta propriedade permite a melanina dissipar mais do que 99.9% da radiação absorvida em calor e, por sua vez, previne o dano indireto no ADN, protegendo a referida radiação solar.

Carotenos: a função dos betacarotenos é mais conhecida a nível fisiológico pela sua conversão em vitamina A, muito necessária para uma adequada saúde ocular. Mas … o que se passa com aqueles carotenos, que a sua estrutura não se converte? Muitos deles, como a zeaxantina (presente no milho) ou os licopenos (presentes no tomate), são acumulados num tecido gorduroso subcutâneo proporcionando uma cor alaranjada a nossa pele e, a assim, acentuar o bronzeado.

A função mais importante dos betacarotenos é a ação antioxidante, já que protege a nossa pele frente aos radicais livres e promove um bronzeado mais saudável.

Estudos mostram que uma dieta rica em betacarotenos favorece o aumento de melanina e também a sua acumulação no organismo não implica nenhum risco de toxicidade para o mesmo.

Vitamina E e C: Estas duas vitaminas são essenciais para o bronzeado, graças à sua função antioxidante, e também proteger o colagénio e elastina, duas substâncias fundamentais para manter a elasticidade e boa saúde da pele.

Que alimentos ajudam a conseguir um bom bronzeado?

Nós temos tendência a pensar que os alimentos que contêm maior betacarotenos são os de cor alaranjada, como as cenouras ou abóboras, mas, paradoxalmente, alguns vegetais verdes são mais ricos neste pigmento, como os espinafres. Neste caso, a clorofila presente “máscaras” contêm os betacarotenos.

Outros alimentos ricos em betacarotenos são a beterraba, couve, pimentão, alfafa e alga spirulina.

Falta destacar, que para uma correta absorção devemos ingerir estes alimentos com alguma porção de gordura (óleos vegetais não refinados), e que os betacarotenos são absorvidos através de micelas formadas a partir de gorduras no nosso intestino.

O licopeno é um pigmento que pertence ao grupo dos carotenos, tem uma função antioxidante graças à sua composição química formada por 11 ligações duplas conjugadas na sua estrutura molecular. Está presente em quase todas as frutas e legumes de cor vermelha, destacando os pimentos, tomate e melancia.

Recomendações gerais:

  1.  Siga uma dieta equilibrada e variada(mediterrânea) que proporcione todos os nutrientes que o organismo necessita, reforçando os alimentos com os componentes destacados anteriormente para conseguir uma pele bronzeada e saudável.
  2. A hidratação é fundamental para evitar que a pele seque e que o organismo em geral sofra. É aconselhável beber, no mínimo, 1 litro e meio de água por dia, enquanto estiver exposta ao sol, continue a hidratar-se mesmo não tendo sede.
  3. Use cremes solares de qualidade e aplique generosamente repetindo este processo as vezes que for preciso. É aconselhável apanhar sol nas horas de menor exposição solar e de maneira não muito prolongada.
  4. Depois de apanhar sol é necessário hidratar a pele e para isso os melhores aliados são o óleo ou o creme de rosa mosqueta, pois são ricos em ácidos gordurosos essenciais que ajudam a pele a voltar às condições normais.

Bibliografía

  • Jordi S. Salvadó, Anna B. i Sanjaume, Roser T. Casañas, M. Engracia S. i Solá – Nutricion y Dietética Clinica – Ed. Elsevier Masson, 2014.
  • Jose Mataix Verdú – Tratado de Nutricion y Alimentacion Humana (2º Edicion) – Ed. Ergon, 2009
  • Inma Palma, Andreu Farran, David Cantos – Tablas de composicion de alimentos por medidas caseras de consumo habitual en España – Ed. McGraw-Hill/Interamericana de España, 2008

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *